Quanto vale o meu negócio?

Algum momento, terá que se perguntar esta questão.

Talvez porque um parceiro potencial se aproxime com uma proposta para adquirir uma percentagem da empresa. Ou porque alguém diretamente deseja-lhe fazer uma oferta para comprá-la a 100 por cento.

Se têm já a sua empresa há alguns anos no mercado, certamente que esse não é o momento de lidar com isso, mas funciona para aumentar o valor do seu negócio , de modo que se uma oportunidade aparecer, já se encontra preparado. Se tiver muitos clientes e as vendas da sua empresa não pararem de crescer, estes são aspectos da empresa a valorizar, que terão um impacto direto sobre o que alguém estará disposto a pagar por isso.

Mesmo no começo da empresa há alguns pontos sobre os quais são importantes e assim os compartilhamos.

 

  1. Renda recorrente

Um investidor sempre estará mais interessado em uma empresa que tem vendas estáveis mês a mês e um portfólio de clientes que pagam a tempo.

 

  1. Saúde financeira

Quando se trata de preços de uma empresa, não só deve-se ter em conta a sua capacidade de gerar dinheiro, mas também seu fluxo de caixa, o nível de endividamento e o valor real de seus ativos. Esta avaliação não só tem que ter em conta os números do último ano de operação, mas de um período de tempo mais longo. É claro que cada figura deve ser acompanhada pela respectiva documentação (extratos bancários, comprovante de pagamento, etc.)

 

  1. Aspectos legais

Neste ponto, devemos incluir tudo relacionado à proteção de marcas e patentes, contratos de licença ou franquias, contratos de serviços, seguros e ações judiciais.

 

  1. Capital humano

Custos (salários e contribuições) e cobertura de requisitos de pessoal podem significar 50% do valor de uma empresa. Então você tem que manter esses custos sob controle. Mas também é importante considerar o talento com o qual você conta, seu nível de treinamento e seu grau de compromisso com a empresa e seu crescimento.

 

  1. A transformação tecnológica

Para ser competitivo, uma empresa precisa estar atualizada com todos os avanços tecnológicos que têm impacto em sua atividade. Computadores, servidores, software, conexões à Internet, etc. Ferramentas que aumentam a produtividade deverão sempre ser uma mais valia para uma empresa. Por exemplo, para um escritório de contabilidade existe hoje em dia, software a um preço bastante competitivo que visa esse aumento da productividade como é o caso do SAFTonline