Em jeito de final do ano, faz sentido abordar aqui um tema importante para os empresários e que reflecte uma leitura sobre o desempenho do seu negócio: o encerramento anual de contas.

O encerramento anual de contas é um momento extremamente importante na contabilidade de qualquer empresa. Todos os anos, é necessário elaborar e apresentar os documentos anuais que apresentam a situação económico-financeira de cada empresa e os resultados das operações realizadas.

O encerramento anual de contas serve igualmente para que as contas da empresa sejam apresentadas e, consequentemente, aprovadas ou reprovadas.

A prestação de contas, decorrente do encerramento anual, pressupõe a adopção de vários procedimentos. Para a prestação de contas, são necessários vários documentos.

A administração das sociedades por quotas e anónimas deve elaborar e submeter aos órgãos competentes o relatório de gestão, as contas do exercício e os restantes documentos de prestação de contas exigidos, relativos a cada exercício. Entre estes documentos contam-se:

  • Balanço analítico – expressão da relação entre o activo, o passivo e a situação líquida.
  • Demonstração de resultados – mapa dos custos e perdas, ganhos e proveitos do exercício.
  • Anexo ao balanço e à demonstração de resultados – documento que abarca informações com vista a desenvolver, comentar e explicar as quantias incluídas no balanço e na demonstração de resultados.
  • Relatório de gestão – tem como objectivo descrever, com referência às contas apresentadas, o estado e a evolução dos negócios e deve ser assinado por todos os administradores, directores ou gerentes.

O encerramento anual de contas, assim como a elaboração do relatório de gestão e a prestação de contas estão a cargo dos membros da administração – administradores ou gerentes – que estiverem em funções na altura da sua apresentação.