Estamos no último mês de 2018, deixamos para trás um ano cheio de dicas e recursos, descobertas relacionadass com multiplos temas e com a tão gigante world wide web, a internet.

O tempo passa de forma tão surpreendente e antes do salto já para o próximo ano, fale a pena referir que a tecnologia transforma cada vez mais a maneira de comunicar com os seus clientes e recursos humanos. Difundir uma mensagem e de que forma esta é feita faz com que o marketing tenha pela frente muitos desafios. A principal responsabilidade que cada negócio é manter atualizado e relevante no mercado para o seu publico alvo. Como tal aqui ficam algumas dicas:

 

1) Automatização:

Aos poucos e devagarinho a tecnologia foi mostrando algumas ferramentas de automatização, relacionadas com chatbots e até mesmo inteligência artificial, o que para um comum mortal poderia criar um enorme choque para outros foi uma revelação única, algo genial.

No entanto, esta automatização permitiu às empresas criarem um meio de comunicação para com o cliente que garantisse o rápido atendimento. Algumas empresas já tinham arriscado este instrumento mas em 2018, verificou-se uma maior aceitação. Automatização passou a ser sinónimo de produtividade como poderá ver aqui.

 

2) Conteúdo:

Este ano as empresas focaram-se na criação de conteúdo inteligente, sempre orientado para o cliente, conteúdos de SEO de forma a serem otimizados com expressão criativa e informativa. É relevante a excelente percepção por parte do público em relação ao tráfego orgânico, especialistas na área afirmam que um conteúdo gerado e compartilhado é significamente mais promissor para uma marca/negócio do que um conteúdo patrocinado.  

 

3) Sites responsivos | mobile:

Se 2017 trouxe para 2018, o destaque dos smartphones, a utilização do desktop decresceu e por isso em 2018, houve também por parte das empresas uma maior preocupação na criação de sites responsive com conteúdo flexível e adaptado ao mobile.

 

4) Influencers:

Assistimos também, a uma maior acreditação dos influencers, as empresas perceberam que aquando da tomada de decisão, as opiniões destes têm um impacto significativo e por isso mesmo começaram a apostar na utilização de influencers para divulgação e comunicação da marca. Os bloggers são um bom exemplo desta situação por vezes somente com 1000 seguidores mas podem ser mais relevantes para os seguidores com uma comunicação mais próxima.

 

5) Os diretos:

A tendência de mostrar tudo a toda a hora e a todos, torna-se ainda mais real e a necessidade extrema de ser omnipresente faz com que os lives o que agora se tenha tornado cada vez mais utilizado. Nem sempre as produções mais caras são aquelas que melhores resultados obtem.

Esperamos ansiosos para descobrir o que 2019 nos reserva, não é verdade?